O Conservatório Botânico

Em 2001, os Laboratórios Pierre Fabre decidiram criar um Conservatório Botânico para proteger e estudar essências que os inspirassem a criar novas fórmulas.

Este santuário floral único dedicado à preservação, salvaguarda e investigação encontra-se instalado em Soual, Tarn. Contém agora 855 espécies vegetais, 26% das quais se encontram em perigo de extinção.

rf_engag_conservatoire-1

Em 2018, o Conservatório Botânico desenvolveu a sua perícia com um laboratório de cultura in vitro para aumentar o número de plantas em vias de extinção.

Vários anos mais tarde, nasceu um segundo conservatório no sul de Madagáscar. O arboreto de Ranopiso contém 350 espécies, 20% das quais se encontram em vias de extinção.

O grupo mantém parcerias estreitas com inúmeras outras instituições francesas ou internacionais na luta pela conservação da biodiversidade. A troca de sementes permite, portanto, que sejam distribuídas o mais amplamente possível, ajudando, assim, a salvá-las.

rf_engag_biodiversite

NÚMEROS-CHAVE
Q11.250 espéciesprotegidas
Q22 conservatóriosSoual (Tarn, França) e Ranopiso (Madagáscar)
rf_engag_biodiversite-1
Voltar ao topo